Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Missão chilena vem ao Brasil em outubro para vistoriar frigoríficos

São Paulo, 19 - Técnicos do Chile devem chegar ao Brasil na segunda quinzena de outubro para vistoriar frigoríficos e o sistema de defesa agropecuário do País para retomar as importações de carne bovina in natura. A informação foi conformada pelo secretário de Agricultura de São Paulo, João Sampaio, durante reunião da Câmara Setorial da Carne Bovina, realizada hoje na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros (BM&FBovespa), em São Paulo.

Agência Estado |

"O Ministério da Agricultura negociou para que a visita seja simultânea e vistorie ao mesmo tempo tanto os frigoríficos quanto o sistema de defesa. Isso vai dar mais agilidade ao processo e permitir que a habilitação saia mais rapidamente", disse Sampaio.

Segundo Sampaio, serão escolhidos dois Estados para serem vistoriados pelos técnicos chilenos e São Paulo pode estar entre eles, já que só foi reconhecido como área livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) em maio deste ano. "Já são 12 anos sem registrar a doença no Estado e desde que perdemos o status em 2005 já melhoramos ainda mais nosso sistema sanitário", garantiu Sampaio.

No que se refere às exportações para a União Européia (UE), Sampaio informou que existem no Estado 1.050 fazendas enquadradas no sistema Eras, ou seja, que já estão aprovadas pelo Sistema Brasileiro de Certificação de Origem de Carne Bovina e Bubalina (Sisbov). Desse total, 101 já pediram a auditoria de verificação para que sejam incluídas na lista de exportadores habilitados a vender para a Europa. "As auditorias dessas fazendas começaram na semana passada e acredito que, até setembro, essas 101 propriedades já terão passado por esse processo e enviadas para o comitê em Brasília", disse Sampaio.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG