Genebra, 16 set (EFE).- O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, anunciou hoje que não descarta voltar a convocar os ministros de Comércio para que se reúnam e finalizem a Rodada de Doha nas próximas semanas.

"Nas próximas semanas, e dependendo do progresso conseguido pelos negociadores, estou pronto para chamar os ministros a Genebra para tentar fechar os temas em aberto", disse Lamy em discurso pronunciado durante a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad).

Na terça e na quarta-feira da semana passada, os chefes negociadores de comércio de Austrália, Brasil, China, Estados Unidos, Índia, Japão e União Européia analisaram novas propostas que permitam relançar o processo da Rodada de Doha.

Estes sete países foram os mesmos que lideraram a reunião ministerial de julho passado e que no final fracassou, entre outros aspectos, por não chegarem a um acordo sobre as salvaguardas especiais para produtos agrícolas.

"Estou convencido de que um acordo até é possível, ainda acho que com outro empurrão poderíamos conseguir nosso objetivo", acrescentou Lamy.

A Rodada de Doha, que busca a liberalização do comércio mundial, é negociada há quase oito anos. EFE mh/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.