Bruxelas, 12 jan (EFE).- Os ministros da Energia da União Européia (UE) pediram de maneira unânime à Rússia e à Ucrânia que cumpram o estipulado hoje e retomem o fornecimento de gás à Europa a partir das 5h de Brasília de amanhã.

"Faço uma chamada às duas partes para que realmente façam o que prometeram", disse, em entrevista coletiva, o ministro da Indústria e Energia tcheco, Martin Riman, cujo país exerce a Presidência rotativa da UE neste semestre.

Riman destacou que os ministros da UE "falaram com uma voz única, ao contrário de outras vezes no passado", e recomendou prudência ainda, porque, nos últimos dez dias, a UE deu condições e depois não foram cumpridos os acordos.

A diferença entre antes e agora é que, se agora não for restabelecido o fluxo, "poderemos dizer quem é o responsável", ressaltou o comissário da Energia da UE, Andris Piebalgs. EFE mrn/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.