Tamanho do texto

DAVOS - Com o objetivo de, mais uma vez, chegar a um consenso sobre a liberalização do comércio mundial, os ministros dos países-membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) programam uma reunião para antes da cúpula do G20, prevista para abril em Londres .

O anúncio do possível encontro foi feito pela ministra de Economia da Suíça, Doris Leuthard, que hoje foi anfitriã de uma "minirreunião" com aproximadamente 20 ministros de Comércio que participam do Fórum Econômico Mundial.

Ao término do encontro desta manhã na cidade de Davos, os ministros se mostraram dispostos a trabalhar para que, ainda em 2009, sejam superadas as diferenças que até agora impediram a conclusão da chamada Rodada de Doha.

Num comunicado, os ministros também se comprometeram a não impor novas barreiras tarifárias que inibam o comércio, ideia que está se propagando pelo fórum de Davos, onde vários políticos e economistas já se posicionaram contra o protecionismo como saída para a crise.

A Rodada de Doha está emperrada desde julho do ano passado, quando cerca de 30 ministros se reuniram durante dez dias em Genebra para buscar princípios de acordo em questões cruciais das negociações, para, depois, apresentar tais entendimentos aos 153 países-membros da OMC.

No entanto, esses acordos não foram alcançados, já que as principais potências comerciais que representam as nações industrializadas e emergentes - Estados Unidos, União Europeia (UE), Brasil, China e Índia - não conseguiram aproximar posições. EFE vh/sc