Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ministros da agricultura da América do Sul encerram reunião no Chile

Valparaíso (Chile), 29 ago (EFE).- Com o compromisso de buscar fórmulas que reduzam o impacto dos preços dos alimentos e seus efeitos na região, terminou hoje a 14ª reunião ordinária do Conselho Agropecuário do Sul.

EFE |

Com a presença dos ministros de agricultura da Argentina, Carlos Alberto Cheppi; do Brasil, Reinhold Stephanes; do Chile, Marigen Hornkohl e do Paraguai, Cándido Vera, junto aos representantes da Bolívia, Diego Pacheco; e Uruguai, Andrés Berterreche, foi realizada a assinatura de um acordo de dez pontos.

O documento diz em seu ponto principal que os representantes destes países se comprometem a "realizar os maiores esforços" para "fortalecer as ações tendentes a atenuar o impacto negativo do aumento dos preços dos alimentos nas povoações carentes ou vulneráveis".

Além disso, o texto chama para "afiançar a troca de informação nacional sobre as políticas implementadas pelos países para diminuir o risco alimentar e vigiar a disponibilidade de alimentos para abastecer as necessidades regionais".

Na ocasião o ministro de agricultura da Argentina, Carlos Alberto Cheppi, qualificou como "muito positiva a reunião".

"A região pode ser uma potência agroalimentar para o mundo, aqui há uma oportunidade para nossas nações e para nossos países se continuarmos fazendo as coisas direito", explicou a ministra chilena. EFE gn/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG