Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ministros árabes da Opep se reunirão no Cairo em 29 de novembro

Argel, 8 nov (EFE).- O ministro da Energia argelino e presidente em exercício da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Chakib Khelil, anunciou hoje que os ministros de Energia dos países árabes membros do cartel se reunirão em 29 de novembro, no Cairo, para analisar a situação do mercado petrolífero internacional.

EFE |

Nesse encontro, será estudado o impacto no mercado da redução da produção dos membros da Opep em 1,5 milhão de barris decidida em 24 de outubro, em Viena, disse Khelil, em declarações aos jornalistas.

Os países árabes membros da Opep são Argélia, Kuwait, Líbia, Catar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Iraque.

A reunião no Cairo servirá também para preparar a reunião extraordinária dos membros da Opep que será realizada em Oran (Argélia), em 17 de dezembro.

Khelil ressaltou que a crise provocou "uma forte contração da demanda petrolífera", o que provocou a queda dos preços do petróleo, e ressaltou que a Opep deve "ajustar sua produção", para tentar estabilizar o mercado.

"Os países industrializados entraram em fase de recessão em conseqüência da crise financeira, que os enfraqueceu, e que continuará em 2009", disse o ministro argelino.

"A estratégia da Opep foi sempre pedir e atuar para conseguir um preço adequado do petróleo para os países produtores e os consumidores", afirmou.

Alguns países da Opep colocaram a possibilidade de realizar uma nova reunião antes da prevista em dezembro, para analisar o impacto da redução decidida em Viena e, no caso, adotar novas medidas.

Os preços do petróleo perderam mais da metade do valor desde a cota máxima alcançada em julho. EFE jg/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG