Tamanho do texto

Quito, 31 out (EFE).- O ministro de Minas e Petróleos do Equador, Derlis Palacios, anunciou hoje o fim antecipado das relações entre o Estado equatoriano e a companhia hispano-argentina Repsol YPF por falhas na negociação em curso para uma mudança na modalidade dos contratos de petróleo.

O ministro fez o anúncio durante uma entrevista coletiva em Quito, para informar sobre um convênio com a Petrobras. EFE sm/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.