indenização à prevenção - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ministro diz que segurança do trabalho passou de indenização à prevenção

Santiago de Compostela (Espanha), 27 nov (EFE).- O secretário-executivo do Ministério da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, afirmou hoje à Agência Efe que, desde a chegada de Luiz Inácio Lula da Silva ao poder, as políticas do país em segurança do trabalho passaram da indenização à prevenção.

EFE |

Gabas fez estas declarações na abertura de um congresso internacional de prevenção de riscos trabalhistas e responsabilidade social empresarial que será realizado até amanhã na cidade espanhola de Santiago de Compostela.

Ele afirmou que "a vida e a saúde não têm preço", por isso que o Brasil está fazendo "grandes investimentos" para prevenir os acidentes e doenças de trabalho.

Gabas disse que as empresas "são reticentes" a adotar medidas para prevenir os acidentes e doenças de trabalho, mas destacou que houve "uma mudança na Lei e é preciso aplicá-la".

Por outro lado, Gabas considerou que o congresso de Santiago de Compostela, no qual participam entidades e representantes de vários países, é "muito oportuno", já que a crise econômica pode originar a "precarização" das condições de trabalho em muitos setores.

Por isso, destacou a necessidade de "fortalecer" as políticas de prevenção de riscos e fomentar "as boas práticas", baseando-se na troca de experiências com outros países.

Mais de 700 pessoas participam deste congresso, que tem como objetivo aumentar a responsabilidade e a confiança nos sistemas de prevenção de riscos profissionais como garantia do compromisso com a qualidade de vida no trabalho.

Das conferências participam analistas governamentais do Brasil e da Argentina, assim como representantes de instituições internacionais sobre segurança no trabalho e prevenção de riscos.

EFE sgi/ab/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG