Genebra, 28 jul (EFE).- O ministro do Comércio Exterior da Costa Rica, Marco Vinicio Ruíz, disse hoje que a negociação com a União Européia (UE) sobre o tema da banana está fechada.

"De nosso ponto de vista, a disputa já está pronta, a negociação está fechada, porque não é um tema da rodada", disse o ministro costarriquenho em referência ao acordo alcançado neste domingo à noite pelo grupo de países latino-americanos produtores de banana e a UE.

Cerca de 30 ministros estão reunidos em Genebra há uma semana tentando desbloquear a Rodada de Doha, que tem por objetivo liberalizar o comércio mundial.

Segundo o acordo que permitiu a aproximação entre UE e América Latina, a tarifa que agora taxa a entrada da banana no mercado europeu (176 euros por tonelada) cairá a partir de 2009 para 148 euros, e a cada ano seria reduzida até ficar em 114 euros em 2016.

Os países ACP (África, Caribe e Pacífico), antigas colônias européias e que podem exportar sua banana com tarifa zero à UE, mostraram sua insatisfação com o acordo, porque considera que elimina suas preferências.

Ruíz lembrou que é preciso levar em conta que o grupo de exportadores de banana latino-americanos não é homogêneo, e que há países com receita muito baixa, entre eles Honduras e Nicarágua.

"As regiões onde há banana são as menos desenvolvidas, não se pode comparar um país por sua renda per capita, porque em um mesmo país, há muitas diferenças, por isso acho que o acordo é correto, e já foi negociado e concluído". EFE mh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.