O ministro da Economia alemão, Karl-Theodor zu Guttenberg, viajou neste domingo para os EUA para uma visita centrada em examinar como pode salvar da quebra o construtor de automóveis Opel, filial da General Motors (GM).

Zu Guttenberg se reunirá segunda-feira em Nova York com representantes do setor bancário e terça-feira irá a Washington para manter um encontro com o secretário do Tesouro, Tim Geithner, e o presidente da GM, Rick Wagoner.

A Opel, que emprega quase 26.000 pessoas na Alemanha e 50.000 na Europa, está pedindo 3,3 bilhões de euros de ajudas públicas para evitar a falência, mas os poderes públicos alemães querem impedir a todo custo que esta possível assistência sirva para resgatar a casa matriz americana.

"Antes de decidir, devemos ter conhecimento das importantes decisões nos EUA, saber o que a casa matriz da Opel pretende fazer", afirmou esta semana a chanceler Angela Merkel.

ab/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.