Berlim, 28 abr (EFE).- O ministro da Economia alemão, o liberal Rainer Brüderle, disse hoje, em São Paulo, que o volume do pacote de ajudas à Grécia da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) pode chegar a 135 bilhões de euros até 2012.

Berlim, 28 abr (EFE).- O ministro da Economia alemão, o liberal Rainer Brüderle, disse hoje, em São Paulo, que o volume do pacote de ajudas à Grécia da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) pode chegar a 135 bilhões de euros até 2012. A UE assumirá uma ajuda anual de 30 bilhões de euros e o FMI de 15 bilhões, disse Brüderle, em declarações transmitidas por emissoras de rádio alemãs. "Não posso descartar que no final o número seja ainda maior", disse o ministro alemão, que afirmou que Berlim mantém seu compromisso de fornecer 8,4 bilhões de euros anuais ao pacote de ajudas à Grécia. Brüderle destacou que as ajudas da Alemanha à Grécia serão tramitadas por meio de avais do estatal Banco para a Reconstrução e que o tema será abordado durante o conselho de ministros que acontecerá na segunda-feira em Berlim. "A Alemanha fará sua contribuição para que a Europa mantenha sua capacidade de atuação", disse o ministro, frente às críticas pela suposta postura reticente de Berlim sobre as ajudas ao Governo grego. EFE jcb/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.