Tamanho do texto

O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, nomeou ontem o ministro de Economia, Kaoru Yosano, como ministro de Finanças, após Shoichi Nakagawa renunciar ao cargo. Nakagawa foi duramente criticado pela opinião pública japonesa após aparecer no sábado, em Roma, na entrevista após reunião do G-7, com aparentes sinais de embriaguez.

O demissionário havia dito que tomou apenas uma taça de vinho, mas que também havia ingerido medicamentos para gripe.