Tamanho do texto

O Ministério Público Federal recomendou à operadora de TV por assinatura Sky que informe o porcentual e o total de horas ocupados pela publicidade dentro de sua programação. Solicitou também informações sobre reprises de programas nas suas transmissões.

A Sky tem 10 dias para responder. Caso não se manifeste, caberá ação judicial. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.