Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ministério Público diz que Salvatore Cacciola deve ser considerado foragido

RIO DE JANEIRO - A Procuradoria Regional da República no Rio de Janeiro divulgou na tarde desta quinta-feira uma nota afirmando que Salvatore Cacciola deve ser considerado foragido. Segundo a nota, o procurador regional Artur Gueiros defende que Cacciola, que chegou nesta quinta ao Brasil, continue preso.

Agência Brasil |

Cacciola foi preso em Mônaco no ano passado e extradito ontem (16) para o Brasil. O ex-dono do Banco Marka chegou na manhã desta quinta ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, escoltado pela Polícia Federal. Na sede da Superintendência da PF no Rio, Cacciola deu entrevista à imprensa e afirmou que está confiante na Justiça e que não é foragido.

Gueiros disse ainda, por meio da nota, que Cacciola respondia a um processo por crimes graves e não podia se afastar do país sem autorização judicial. O procurador lembrou que o ex-banqueiro não respondia normalmente a seus processos e chegou a ser condenado à revelia nesses casos.

Leia mais sobre: Salvatore Cacciola

Leia tudo sobre: salvatore cacciola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG