Míni da Dell gasta 70% menos energia Por Juliana Rocha São Paulo, 19 (AE) - Neste ano 7 em cada 10 brasileiros que compraram um computador optaram por um desktop. Mas as máquinas de mesa estão cada vez mais distantes dos monólitos acinzentados de outrora.

Fabricantes como Shuttle, Apple, HP e, agora, Dell desenvolveram PCs eficientes e com design à altura da sala de estar.

O novo Dell Studio Hybrid impressiona pelo tamanho 80% menor do que o de um computador comum. A embalagem de tamanho semelhante a uma caixa de sapato chama ainda mais atenção quando colocada ao lado da uma tela de 19".

Graças ao chipset para notebooks da Intel, o Studio Hybrid pesa pouco mais de 2 kg e consume 70% menos energia do que a média dos desktops, tendência que veio para ficar. O modelo ganhou o selo máximo de eficiência energética do governo americano, EnergyStar 4.0 (veja mais sobre TI verde em http://tinyurl.com/6omz76).

O minidesktop da Dell vem em seis cores diferentes, além da opção ecologicamente correta em bambu (leia box). Quando ligado, as logomarcas gravadas na carcaça são iluminadas.

Causa estranhamento a aparente ausência do drive de CD/DVD. Não há a tradicional bandeja, mas uma ranhura na parte superior como nos tocadores de CD automotivos.

Embora seja opcional a aquisição de um gravador Blu-ray em vez do combo CD/DVD padrão, há razões para não fazê-lo. Apesar de ter vencido a batalha de formato de alta definição contra o HD-DVD, o Blu-ray ainda não se firmou, e os discos ainda custam pelo menos o dobro do preço dos DVDs: entre R$ 60 e R$ 90.

Além disso, a placa de vídeo integrada Intel GMA X3100 se justifica pelo baixo consumo de energia, mas já foi superada por dois novos modelos da Intel e só é capaz de reproduzir imagens com resolução de 480p - a definição das TVs analógicas. Para reproduzir vídeos em alta definição, o sistema precisa recorrer ao processador, o que resulta em perda de performance.

Por conta disso, no Índice de Experiência do Windows - sistema criado pela Microsoft para avaliar o desempenho das máquinas com seu sistema operacional - o Studio Hybrid marca 3,5 de 10.

Essa nota seria superior se não fosse contabilizada a baixa capacidade de processamento de gráficos mais elaborados - como os exigidos para jogar games. Então a performance seria de 5,1, com destaque para o bom desempenho do chip de núcleo duplo da Intel.

FICHA TÉCNICA - STUDIO HYBRIDDELL
CONFIGURAÇÕES - Intel Pentium Dual Core T2390 1,86 Ghz ou Core 2 Duo T5850 2,16 Ghz ou Core 2 Duo T8300 2,4 Ghz; até 4 GB RAM; disco rígido de até 320 GB; placa de vídeo Intel Graphics Media X3100 integrada; saída HDMI; gravador de CD/DVD ou leitor de Blu-Ray
PREÇO - R$ 1.799 (sem o monitor), R$ 2.799 (com o monitor na configuração de entrada) e R$ 3.899 (com monitor e na configuração top de linha)
WEB - www.dell.com.br
O QUE OFERECE - Design arrojado em várias cores, tamanho reduzido e baixo consumo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.