Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Minc: licença completa de Jirau sai até final do ano

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, disse hoje que a licença de instalação completa para a obra da usina hidrelétrica de Jirau, no Rio Madeira (em Rondônia), será liberada pelo Ibama até o final do ano. Até o início da noite de hoje, será assinada pela presidência do Ibama uma licença provisória que permitirá ao consórcio Energia Sustentável do Brasil (Enersus) iniciar a montagem do canteiro de obras e a construção das chamadas ensecadeiras, espécie de dique que seca parte do leito do rio permitindo o avanço de outras etapas da obra.

Agência Estado |

Em entrevista coletiva à imprensa, Minc afirmou que a diretoria da Agência Nacional de Águas (ANA) decidiu fazer uma reunião extraordinária nesta tarde para aprovar a outorga do uso da água em Jirau. Essa é a última etapa que restava, segundo o ministro, para a emissão da licença de instalação provisória.

De acordo com Minc, o presidente do Ibama, Roberto Messias, assinará hoje o documento e dará amanhã pela manhã entrevista para detalhar a licença. Minc já adiantou que o consórcio responsável pela usina terá de investir R$ 36 milhões em obras de habitação em Porto Velho, apoiar planos de prevenção de algumas espécies ameaçadas da região, como a onça-pintada, o boto vermelho e o gato maracajá.

Minc afirmou que, daqui para frente, todas as novas licenças ambientais incluirão a exigência da adoção de espécies animais ameaçadas de extinção. Além disso, o consórcio terá de disponibilizar recursos para ajudar na conservação da reserva extrativista e da estação ecológica do Cuniã, em Rondônia.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG