Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Minc afirma que vai impor condições ao funcionamento de Angra 3

BRASÍLIA - O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, voltou a manifestar hoje posição contrária à construção da usina nuclear Angra 3. Apesar de ponderar que o processo para a construção da usina nuclear tenha sido legal, o ministro disse que vai impor condições para o funcionamento da geradora de energia.

Valor Online |

Ontem, o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, informou que pretende iniciar as obras da geradora de energia no início de setembro. Minc afirmou, porém, que existem outras fontes de energia mais limpas e com menores potenciais de degradação ambiental.

Segundo ele, o ministério vai adotar medidas como um programa específico para a destinação do lixo nuclear, aplicação de uma taxa para ser investida na conservação dos parques ao redor da usina, além do monitoramento externo dos índices radioativos.

O ministro falou sobre a construção da usina, ao divulgar o diagnóstico da situação das unidades de conservação brasileiras, pela manhã, no Ministério do Meio Ambiente.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG