O milionário russo Mikhail Prokhorov será o novo proprietário da vila Leopolda de Villefranche-sur-mer, na Côte dazur (sul da França), comprada da viúva de um empresário a preço recorde de meio bilhão de euros, afirmou neste sábado o jornal Nice-Matin.

A informação, no entanto, não pôde ser confirmada, porque nenhuma fonte próxima à transação quis falar à imprensa.

O jornal antecipou que o preço de venda exato da vila é de 496 milhões de euros, soma que ultrapassa todos os recordes de imóveis privados.

Com 43 anos, Mikhail Prokhorov é dono de uma fortuna de 19,5 bilhões de dólares, segundo a última classificação da revista Forbes que o coloca na 6ª posição do ranking de maior fortuna da Rússia e 24ª do mundo.

Durante muito tempo presidente do gigante da mineração Norilsk Nickel, Prokhorov deixou a direção do grupo após ter sido interrogado pela justiça, com 25 pessoas, em seu hotel de Courchevel, numa investigação sobre uma suposta rede de prostituição em janeiro de 2007. Ele dirige ainda o Onexim, fundo de investimentos especializado em novas tecnologias.

Construída em 1902 pelo rei dos belgas Leopold II nas alturas de Villefranche-sur-Mer, no prolongamento de Cap-Ferrat, a vila Leopolda é uma imensa propriedade que pertenceu, entre outros milionários, ao italiano Giovanni Agnelli, proprietário da Fiat. Ela foi vendida por Lily Safra, viúva do banqueiro suíço de origem libanesa, Edmond Safra, morto em 2003 num incêndio de seu apartamento em Mônaco.

smk/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.