Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Milícia da Nigéria declara cessar-fogo no delta do Níger

Por Nick Tattersall LAGOS (Reuters) - O principal grupo de milicianos do delta do rio Níger, na Nigéria, declarou no domingo um cessar-fogo unilateral, depois de semanas de conflitos com o Exército e ataques a instalações petrolíferas, que reduziram a produção de petróleo do país.

Reuters |

O Movimento pela Emancipação do Delta do Níger lançou no domingo passado ataques contra oleodutos e outras instalações de gás e petróleo, em resposta ao que considerou uma ofensiva do Exército contra suas bases.

'Exatamente uma semana depois de lançarmos nossa represália, o MEND (sigla em inglês do movimento) começará o cessar-fogo unilateral até novo aviso', afirmou o grupo em comunicado.

Segundo o governo, a produção de petróleo na Nigéria caiu 150 mil barris por dia durante a semana passada. A produção atual do país é estimada em 1,95 milhão de barris/dia.

A Royal Dutch Shell, a companhia mais afetada pelo conflito, chegou a declarar força maior nos envios de petróleo, o que a libera de obrigações contratuais em função do problema.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG