O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, disse nesta tarde que a redução da atividade da indústria em outubro, detectada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em pesquisa divulgada hoje, já era esperada. Já era esperado que houvesse uma desaceleração, disse o ministro.

Segundo ele, essa acomodação não é boa, mas "é impossível de ser evitada", pois a crise financeira atinge o mundo todo. Para Miguel Jorge, o efeito da crise no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro deve ser sentido com mais intensidade no ano que vem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.