Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Microsoft tem grande queda no lucro líquido e anuncia 5 mil demissões

Nova York - A Microsoft anunciou nesta quinta-feira que seu lucro líquido no último trimestre caiu 11% em relação ao trimestre anterior e que prevê demitir até 5 mil funcionários nos próximos 18 meses, dos quais 1.400 ainda hoje.

Redação com agências |

 

A empresa, que antecipou a divulgação dos seus resultados, disse que seu ganho por ação no trimestre caiu 6% em relação ao exercício anterior.

Getty Images
O presidente da Microsoft, Steve Ballmer

"Nós não estamos protegidos contra os efeitos da degradação da economia", disse o presidente da empresa Steve Ballmer, citado em um comunicado.

As demissões, que envolverão a maioria dos serviços (pesquisa e desenvolvimento, marketing, vendas, departamento jurídico, recursos humanos e informática), devem garantir economias de US$ 1,5 bilhão, segundo o grupo. Os investimentos para o ano fiscal serão reduzidos em US$ 700 milhões.

A Microsoft anunciou ao mesmo tempo que seu lucro líquido para os três meses encerrados em 31 de dezembro caiu 11%, a US$ 4,17 bilhões. Em número de ações, subiu US$ 0,47, menos que os US$ 0,49 previstos pelos analistas. A receita atingiu US$ 16,63 bilhões, aumento de 2% ante o segundo trimestre fiscal anterior.

A Microsoft informou que por causa das incertezas do mercado não vai oferecer estimativas para a receita e o lucro por ação para o atual ano fiscal. A empresa também estimou que, diante da deterioração das condições do mercado, lucro e receita serão menores no segundo semestre fiscal. "Estamos levando em consideração que as incertezas econômicas continuarão pelo resto do ano fiscal, o que levará, quase certamente, a lucro e receita menores no segundo semestre na comparação com o ano anterior", afirmou Chris Liddel, diretor financeiro da companhia.

(Com informações da AFP, EFE e Agência Estado)

Leia também:

 

Leia mais sobre Microsoft

Leia tudo sobre: microsoft

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG