Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Microsoft reforça trajetória de queda das Bolsas de NY

As Bolsas de Nova York abriram o pregão regular de hoje em queda, depois que balanços fracos de empresas como Microsoft e Nokia abateram o humor dos investidores e ofuscaram o aumento no lucro divulgado pela Apple ontem à noite. Dados piores do que o esperado sobre auxílio-desemprego e construção de residências também reforçaram as preocupações com a situação da economia dos EUA.

Agência Estado |

O índice Dow Jones operava em baixa de 1,56% a 8.099 pontos às 12h33, logo após a abertura do pregão. O Nasdaq cedia 2,67% a 1.466 pontos e o S&P 500 recuava 1,97% a 823 pontos.

Os pedidos de auxílio-desemprego nos EUA subiram em 62 mil na semana encerrada em 17 de janeiro, para 589 mil. Trata-se do mesmo nível atingido na semana de 20 de dezembro de 2008 e o maior desde novembro de 1982. Já as construções de residências iniciadas nos EUA caíram 15,5% em dezembro, a sexta queda consecutiva, para 550 mil. Economistas esperavam declínio de 4% em dezembro.

As ações da Apple subiam 7% no pré-mercado, após a fabricante de computadores anunciar ontem aumento de 2% do lucro líquido no quarto trimestre do ano passado, em comparação com igual período do ano anterior. O grupo também registrou melhoria da margem bruta em meio às fortes vendas do iPod, embora sua previsão para o trimestre atual tenha ficado abaixo do esperado por analistas.

Já as ações da Microsoft caíam 7,1%. A empresa anunciou queda de 11% no lucro líquido do segundo trimestre fiscal, para US$ 4,17 bilhões, e previu lucro e receita menores no segundo semestre fiscal. A Microsoft irá cortar até 5 mil empregos nos próximos 18 meses, sendo 1,4 mil hoje.

Os papéis da Nokia caíam 11,7% com a informação de que o lucro líquido da empresa caiu 69% no quarto trimestre de 2008, para 576 milhões de euros (US$ 747,4 milhões). A companhia disse que as vendas de telefones celulares deverão cair 10% em 2009, com um declínio mais acentuado no primeiro semestre.

A eBay anunciou ontem à noite declínio de 31% no lucro líquido do quarto trimestre e ofereceu uma previsão para o trimestre atual pior do que o mercado esperava. No pré-mercado, as ações caíam 9%. O Google deve anunciar seu balanço depois do fechamento. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG