Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Microsoft promete versão mais ágil do Windows

O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, atingiu com força o circuito de imprensa europeu. Ele está divulgando uma nova versão do sistema operacional Windows que vai usar a chamada tecnologia de cloud computing (literalmente, computação em nuvem), por meio da qual as pessoas usam um software que roda num centro de dados, e não na sua própria máquina.

Agência Estado |

Ballmer mencionou esse sistema operacional, apelidado provisoriamente de Windows Cloud, em eventos em Londres e Paris. O lançamento do nome ocorre antes da Conferência para Desenvolvedores Profissionais da Microsoft, mais para o final deste mês em Los Angeles.

Mas o que é exatamente o Windows Cloud? Bem, a Microsoft ainda não quer fornecer detalhes precisos. Mas Dave Cutler, um dos principais engenheiros de software da companhia, passou anos trabalhando num projeto com o nome de código Red Dog, que alguns suspeitam que servirá como suporte do novo sistema operacional.

Cutler costuma desenvolver códigos sofisticados, e ele pode aparecer com um sistema operacional sob medida para essa idéia de distribuição de software por milhares de servidores e deixar que os consumidores explorem todo esse poder usando diretamente os PCs de suas casas ou de seus escritórios.

Os vastos centros de dados do Google se apóiam numa versão modificada do sistema operacional de código aberto Linux e da base de dados MySQL. Com a adoção do software de código aberto, o Google pode ajustar os códigos de acordo com suas necessidades. Em particular, o Google tem sido capaz de criar versões leves do Linux e do MySQL que se propagam bem por muitas de máquinas.

A Microsoft agora poderá ter uma abordagem parecida com o Windows e sua própria base de dados SQL Server com o desenvolvimento de uma versão mais rápida e mais leve do Windows, que fabricantes como Dell e HP poderiam oferecer junto com seus sistemas.

"Assim como temos um sistema operacional para PC, para o telefone, e para o servidor, precisamos de um novo sistema operacional que rode na internet", disse Ballmer durante discurso na França, na quinta-feira. "Aposto que nós o chamaremos Windows alguma coisa. Vamos anunciá-lo daqui a quatro semanas. Até lá, poderemos até ter uma marca registrada. Assim, por enquanto eu o chamarei de Windows Cloud. E o Windows Cloud será um lugar onde você poderá rodar as aplicações que quiser na internet." As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG