SÃO PAULO - A Microsoft pretende gastar US$ 1 bilhão em pesquisa e desenvolvimento na China. O aporte servirá para impulsionar as inovações em tecnologia da informação da empresa naquele país.

"Nosso investimento em pesquisa e desenvolvimento na China nos próximos três anos ultrapassará US$ 1 bilhão", comentou o presidente do grupo pesquisa e desenvolvimento da companhia na China, Zhang Yaqin. Ele notou que o montante não inclui recursos gastos com fusões e aquisições.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.