A Microsoft lançou uma família de celulares denominados Kin adaptados para os consumidores jovens, uma vez que procura melhorar seu desempenho no negócio de telefonia móvel com um aparelho projetado em torno dos recursos de rede social. A companhia disse que dois celulares Kin, ambos inteiramente desenhados pela Microsoft com telas sensíveis ao toque e teclados físicos slide-out (que deslizam), serão oferecidos nos EUA no início de maio pela Verizon Wireless, operadora criada a partir da fusão da Verizon Communications com a Vodafone.

A Microsoft lançou uma família de celulares denominados Kin adaptados para os consumidores jovens, uma vez que procura melhorar seu desempenho no negócio de telefonia móvel com um aparelho projetado em torno dos recursos de rede social. A companhia disse que dois celulares Kin, ambos inteiramente desenhados pela Microsoft com telas sensíveis ao toque e teclados físicos slide-out (que deslizam), serão oferecidos nos EUA no início de maio pela Verizon Wireless, operadora criada a partir da fusão da Verizon Communications com a Vodafone. A Vodafone venderá o aparelho no outono no Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha. Os telefones são parte de um amplo esforço da Microsoft para revitalizar o seu negócio de telefonia móvel, por meio da ampliação do seu envolvimento no projeto global de celulares, uma abordagem que, segundo a empresa, resultará em melhores produtos para os consumidores. Não está claro se os telefones Kin encontrarão um público grande o suficiente para ajudar a Microsoft de forma significativa no mercado de telefonia móvel. As empresas não disseram quanto vão cobrar dos consumidores pelos telefones, e o preço será um fator-chave para determinar quantos consumidores vão adquiri-los. Os executivos da Microsoft disseram que o telefone é projetado para uma geração de consumidores mais jovens que gosta de partilhar informação abundante sobre si com os amigos. As informações são Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.