A Microsoft fechou um acordo de licenciamento de patentes com a Amazon.com que cobre o uso de software de fonte aberta em produtos desta empresa, incluindo seu livro eletrônico Kindle e servidores baseados no sistema operacional Linux.

A Amazon pagará uma quantia não divulgada por esse acordo.

A Microsoft disse que a transação é um "acordo de licenciamento cruzado" de patentes, sob o qual também ganha o direito a patentes da Amazon.

Nos últimos anos, a Microsoft começou a ter uma postura mais agressiva com relação às companhias que, segundo alega, violam as patentes que possui para o sistema Linux.

Há um ano, a Microsoft acertou extrajudicialmente, por um valor não divulgado, um processo contra a TomTom NV, que era acusada de infringir patentes da Microsoft em seus aparelhos de navegação GPS. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.