SÃO PAULO - A Microsoft lançou hoje um programa de recompra de ações no valor de US$ 40 bilhões, a ser concluído até setembro de 2013. Além disso, o conselho de administração da gigante de tecnologia também anunciou um aumento de 18% no dividendo trimestral.

Também foi anunciada emissão de US$ 2 bilhões em commercial papers da empresa.

O dividendo relativo ao segundo trimestre fiscal de 2009 da empresa será de US$ 0,13 por ação com o aumento. Terão direito ao provento os acionistas em registro até o dia 20 de novembro, sendo que as ações passam a ser negociadas sem direito a dividendo no dia 18 de novembro. O pagamento será realizado no dia 11 de dezembro deste ano.

A Microsoft anunciou ainda que completou seu programa anterior de recompra de ações, também de US$ 40 bilhões. Segundo ela, através de dividendos e recompras de papéis, foram distribuídos US$ 115 bilhões a acionistas nos últimos cinco anos.

"Esses anúncios ilustram nossa confiança no crescimento de longo prazo da companhia e nosso comprometimento com o retorno de capital a nossos acionistas", afirmou o executivo-chefe de finanças da Microsoft, Chris Liddell.

Por fim, a fabricante de softwares informou que seu conselho autorizou operações pontuais de crédito de até US$ 6 bilhões. Com a autorização, a empresa criou um programa de commercial papers de US$ 2 bilhões. Os recursos obtidos deverão ser usados para financiar despesas corporativas gerais, o que pode incluir operações de recompra de ações.

"A sólida qualidade de crédito da companhia, em conjunto com o apetite de investidores por papéis de alta qualidade nos dá uma oportunidade única para que a empresa estabeleça um programa inédito de commercial papers e melhore sua estrutura de capital", afirmou o tesoureiro da companhia George Zinn.

"(José Sergio Osse | Valor Online)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.