Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Microsoft e emprego derrubaram bolsas de Nova York ontem

SÃO PAULO - As bolsas de valores dos Estados Unidos encerraram em queda ontem, pressionadas por resultados decepcionantes da Microsoft, enquanto indicadores econômicos mostravam uma maior deterioração do mercado de trabalho e imobiliário. As ações da Microsoft caíram quase 12% durante a sessão, para o menor nível desde 1998, e estava entre as maiores perdas do dia.

Valor Online |

A companhia informou que deve cortar 5% de sua força de trabalho nos próximos 18 meses.

Os índices americanos reduziram perdas no final do pregão após comentários da Casa Branca de que está comprometida a elaborar rapidamente uma possibilidade de estímulo financeiro e que a administração do presidente Barack Obama fará de tudo para recuperar o crescimento e normalizar os mercados.

O índice Dow Jones fechou em queda de 1,28%, a 8.122 pontos, e o Standard & Poor ? s 500 perdeu 1,52%, para 827 pontos. O Nasdaq despencou 2,76%, para os 1.465 pontos.

A economia dos EUA mostrou mais sinais de deterioração nesta quinta-feira à medida que os novos pedidos de auxílio-desemprego aumentaram além do esperado na última semana, crescendo para 589 mil, com ajuste sazonal, enquanto a construção de moradias caiu 15%.

O índice europeu de ações fechou em queda pela quarta sessão consecutiva, em meio ao nervosismo de investidores com resultados corporativos após as gigantes Nokia e Microsoft terem divulgado números abaixo do esperado. O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,83%, a 762 pontos, acumulando queda de 8% desde o início de 2009.

As ações da Nokia despencaram 9% após a companhia divulgar resultados piores que o esperado no quarto trimestre. Já os bancos se valorizaram após as fortes perdas recentes.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em queda de 0,19%, a 4.052 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,98%, para 4.219 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 recuou 1,24%, para 2.869 pontos. Em Milão, o índice Mibtel encerrou em baixa de 1,56%, a 13.883 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,87%, para 8.159 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve alta de 0,64%, para 6.263 pontos.

(Valor Econômico )

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG