México, 26 abr (EFE).- O México "não prevê um impacto direto ou imediato" em suas águas ou costas do derramamento de óleo após a explosão e afundamento da plataforma de perfuração Deepwater Horizon, no litoral do estado americano da Louisiana, no Golfo do México, afirmou hoje à Agência Efe uma fonte oficial.

México, 26 abr (EFE).- O México "não prevê um impacto direto ou imediato" em suas águas ou costas do derramamento de óleo após a explosão e afundamento da plataforma de perfuração Deepwater Horizon, no litoral do estado americano da Louisiana, no Golfo do México, afirmou hoje à Agência Efe uma fonte oficial. "Devido à direção e às características das correntes da região do Golfo, não se prevê um impacto direto ou imediato em águas mexicanas e, portanto, sobre as costas nacionais", disse Fernando Morales, porta-voz da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semarnat). A fonte disse que seus argumentos se baseiam em inspeções efetuadas pela Secretaria de Marina (Semar). No entanto, segundo a fonte, a Semarnat "se mantém alerta diante de qualquer mudança de deslocamento da mancha de óleo, assim como do possível impacto que possa gerar no meio ambiente". Na semana passada, a plataforma de perfuração explodiu e afundou, o que produziu um derramamento de óleo que já cobre 1.550 quilômetros quadrados e se encontra a cerca de 110 quilômetros do litoral dos estados americanos de Mississipi e Alabama. EFE gt/pd
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.