O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo organizou nesta manhã um protesto contra demissões na fábrica da norte-americana Tyco Dinaço, fabricante de tubos na zona oeste da capital paulista. Segundo informou a entidade, os trabalhadores da fábrica receberem carta da empresa no último sábado, anunciando o fechamento da unidade e a demissão de todos os funcionários.

De acordo com o sindicato, os cerca de 160 trabalhadores metalúrgicos ocuparam a fábrica nesta manhã, em uma tentativa de impedir a retirada de materiais da fábrica.

"Se a fábrica vai fechar, queremos o pagamento de todos os direitos e um pacote de benefícios", afirmou David Martins, diretor do sindicato, em nota enviada à imprensa. Segundo a entidade, a empresa informou que só poderá dar uma resposta às reivindicações amanhã à tarde. Martins disse ainda que a Tyco Dinaço informou que a ordem da matriz é fechar a planta de São Paulo e transferir a produção para Caxias do Sul, a outra fábrica da empresa no País. A reportagem não conseguiu entrar em contato com a empresa para comentar o assunto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.