Grupos de metalúrgicos realizam, nesta manhã, manifestações por melhores salários e condições de trabalho em diferentes pontos de São Paulo. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), um desses grupos, que por volta das 6 horas era composto por 50 pessoas, saiu da Rua Mato Grosso, em Higienópolis, em direção à sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na Avenida Paulista, centro financeiro da capital.

Segundo informações da polícia militar, outros dois grupos de metalúrgicos também realizam manifestações. Um deles, com 800 pessoas, está concentrado na Avenida Presidente Costa e Silva, em Santo André, e outro formado por 500 pessoas, está na Avenida Fagundes de oliveira, em Diadema.

Petroleiros

No Rio, metalúrgicos e petroleiros cariocas fazem um protesto em frente à sede da Petrobras, no centro da cidade. Eles reivindicam a construção de novas plataformas petrolíferas no Estado protestam contra o que qualificam como "enfraquecimento da indústria naval carioca", com a construção de navios petroleiros para a Transpetro em outros Estados. O movimento é organizado pelo Fórum Nacional Intersindical dos Trabalhadores da Indústria Naval e Offshore, que reúne diversos sindicatos da área.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.