Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Metalúrgicos do ABC fazem passeata contra demissões

Uma passeata realizada na manhã desta terça-feira, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, com cerca de 12 mil trabalhadores, entre eles metalúrgicos, químicos e da construção civil, segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT), terminou com uma assembleia em frente à empresa Mahle. Durante votação, ficou decidido que haverá represálias contra as empresas que insistirem em demissões.

Agência Estado |

AE
Metalúrgics protestam contra dmissões

De acordo com a assessoria da CUT, as retaliações poderão ser feitas com piquetes em frente às fábricas, retardando o início da produção, ou greve de um dia ou por tempo indeterminado, de acordo com a proposta da empresa.

Entre os líderes da passeata estavam o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Sérgio Nobre, e da CUT, Arthur Henrique, além de líderes sindicais de outras categorias, de acordo com a CUT. A manifestação teve como objetivo a defesa do emprego e a superação da crise econômica, sem demissões nem corte de salário, segundo a CUT.

Leia mais sobre emprego

Leia tudo sobre: emprego

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG