Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Metalúrgicos da Renault no PR encerram greve

Os metalúrgicos da montadora Renault/Nissan, que trabalham na fábrica de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, decidiram encerrar a greve que se estendia desde segunda-feira (dia 1º), em assembléia na manhã de hoje. Eles aceitaram a nova proposta da empresa de reajuste que contempla a totalidade do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), cuja estimativa é de 7,6%, além de outros 2,5% de ganho real.

Agência Estado |

Esse valor deve ser pago já em setembro. Além disso, os metalúrgicos da Renault conseguiram um abono de R$ 1,6 mil também a ser pago este mês.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, diretores da Volkswagen/Audi não compareceram a reunião marcada para ontem na sede do sindicato e, por isso, não houve nova proposta. Os metalúrgicos decidiram manter a paralisação. Nova assembléia deve acontecer somente na próxima segunda-feira (dia 8).

Campinas

Além de voltar a negociar com os Sindicato Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Sinfavea), da Indústria de Máquina (Sindmaq) e da Indústria de Aparelhos Elétricos e Eletrônicos e Similares (Sinaees), os representantes do Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e Região têm reuniões marcadas para hoje com membros dos sindicatos Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças) e da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos (Sicetel).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG