Tamanho do texto

Cerca de 4 mil metalúrgicos da Volkswagen-Audi do Paraná mantêm greve iniciada há uma semana e já deixaram de produzir mais de cinco mil carros. Eles rejeitaram proposta de reajuste salarial feita pela empresa, a mesma aprovada pelos trabalhadores do ABC e parte do interior de São Paulo, de 7,15% de reposição da inflação, aumento real de 3,6% e abono de R$ 1,45 mil.

Ontem, empresa e trabalhadores voltaram a se reunir e hoje haverá nova assembléia de trabalhadores. Também ainda não fecharam acordo os metalúrgicos da região de Campinas, base da Toyota e da Honda.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.