Nova York, 16 out (EFE).- O banco Merrill Lynch, adquirido em setembro pelo Bank of America, anunciou hoje prejuízo de US$ 14,49 bilhões em 2008 até setembro, sendo US$ 7,47 bilhões no terceiro trimestre, em parte pelas novas amortizações multimilionárias.

A instituição financeira acumulou perda por operações de US$ 11,76 bilhões, o que equivale a US$ 13,20 por ação nos nove primeiros meses do ano.

No mesmo período do ano anterior, o Merrill Lynch tinha auferido lucro líquido de US$ 1,85 bilhão e ganho por operações de US$ 2,05 bilhões, o equivalente a US$ 2,23 por título.

A receita entre os dois períodos passou de US$ 19,44 bilhões em 2007 para US$ 834 milhões em 2008, queda de 96%.

Só no terceiro trimestre, a perda líquida superou as previsões dos analistas e superou US$ 7,47 bilhões, contra US$ 2,31 bilhões do mesmo período em 2007.

As perdas trimestrais por operações subiram para US$ 5,15 bilhões (US$ 5,58 por ação), contra US$ 2,241 bilhões ganhos no mesmo período do ano passado (US$ 2,82 por título).

Além disso, o faturamento caiu de US$ 380 milhões para US$ 16 milhões entre os dois períodos, enquanto as amortizações relacionadas à perda de valor dos ativos e desinvestimentos superaram US$ 11 bilhões.

Os resultados anunciados hoje também incluem lucro -sem contar impostos- de US$ 4,3 bilhões, pela venda de 20% do capital que tinha na Bloomberg.

O Merrill Lynch é um dos nove bancos nos quais as autoridades dos Estados Unidos decidiram injetar dinheiro público para enfrentar os efeitos da crise financeira e tentar reativar o mercado de crédito.

EFE mgl/wr/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.