Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Banco da Inglaterra injeta cinco bilhões de libras no fluxo monetário

O Banco da Inglaterra (BoE) injetou nesta segunda-feira cinco bilhões de libras (nove bilhões de dólares) nos mercados financeiros a curto prazo, depois do colapso do gigante bancário americano Lehman Brothers.

AFP |

No início desta manhã, ambas empresas disseram que seus diretores concordaram com a operação, que será sujeita à aprovação dos órgãos reguladores e dos acionistas.

A fusão criará um banco de grande extensão, envolvendo quase cada canto do sistema financeiro, desde cartões de créditos e empréstimos para aquisição de automóveis até títulos e subscrição de ações, fusões e gerenciamento financeiro.

O acordo também mostra como a crise do crédito criou oportunidades para sólidos compradores financeiros. Por US$ 29 por ação, o Merril será vendido por cerca de dois terços do valor que tinha há um ano e metade do seu maior valor no início de 2007. Já na última sexta-feira (dia 12), as ações do banco valiam US$ 17,05 cada, após forte queda em meio a rumores de uma potencial liquidação do banco de investimentos Lehman Brothers.

O BofA planejava comprar o Lehman, mas como as negociações fracassaram, a instituição voltou os olhos para uma fusão com o Merrill, considerado uma melhor alternativa. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG