O banco de negócios nova-iorquino Merrill Lynch, um dos estabelecimentos mais afetados pela crise do subprime, anunciou nesta segunda-feira um novo aumento de capital, desta vez de 8,5 bilhões de dólares, quantia que se somará aos 15,3 bilhões de dólares já captados este ano.

O fundo Temasek, de Cingapura, vai participar da operação, com 3,4 bilhões de dólares, informou o grupo, em um comunicado.

Esse aumento de capital permitirá ao Merrill Lynch contabilizar 5,7 bilhões de dólares suplementares em suas contas do terceiro trimestre.

Merrill Lynch anunciou ter reduzido para 11,1 bilhões de dólares sua exposição aos títulos de dívida vinculados a créditos imobiliários, do tipo ABS CDO, que o setor financeiro considera os mais perigosos.

fga/tt/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.