Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Merkel e CSU chegam a acordo sobre renúncia de ministro

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o partido CSU, aliado do governo, chegaram a um acordo, neste domingo, para que o ministro da Economia, Michael Glos, renuncie nos próximos dias, conforme pedido feito pelo próprio, anunciou a CSU.

AFP |

A renúncia será efetiva assim que for encontrado um sucessor para o ministro, informou à AFP uma fonte da direção da CSU.

Michael Glos manifestou seu desejo de abandonar o cargo, em carta entregue ao presidente do partido, Horst Seehofer, que rejeitou sua renúncia, no sábado, reiterando sua "confiança" no ministro.

Hoje, a CSU e a chancelaria tiveram um dia de negociações, "tudo se acelerou", e "é claro que já não se pode mais manter Glos no posto", declarou a direção do Partido CSU, da Bavária.

O acordo firmado entre o líder da União Cristã Social (CSU), Horst Seehofer, e Angela Merkel, neste domingo, é que Glos deixe o cargo o mais rápido possível.

Leia mais sobre Alemanha

Leia tudo sobre: alemanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG