cobiça financeira e tranqüiliza alemães - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Merkel critica cobiça financeira e tranqüiliza alemães

Berlim, 7 out (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, atribuiu hoje a cobiça e má gestão a atual crise financeira e apostou na criação de novos mecanismos de controle bancário para prevenir situações similares no futuro.

EFE |

"A situação é séria, mais do que nunca", disse Merkel, perante a câmara baixa do Parlamento.

Segundo ela, não cabe ocultar a realidade, mas é preciso atuar tanto com intervenções imediatas quanto com outras mais a longo prazo.

Merkel reiterou que as economias dos cidadãos estão seguras e que ninguém deve temer por seus depósitos, reiterando assim o que foi sua máxima desde a eclosão da crise.

A economia alemã "é robusta" e capacitada para fazer frente à situação, afirmou Merkel.

Para Merkel, não se deve atuar com precipitação, mas buscar que as melhoras aconteçam também em escala européia e internacional.

"É imprescindível recuperar a confiança nos mercados", disse.

Merkel dominou, assim, a sessão do Parlamento convocada para falar sobre a crise financeira, seus efeitos e possíveis soluções.

EFE gc/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG