A chanceler alemã, Angela Merkel, advertiu nesta quarta-feira que o crescimento econômico do país deve registrar desaceleração, como uma conseqüência da crise financeira.

Os deputados do país devem debater nesta quarta-feira um plano de resgate do setor financeiro de 480 bilhões de euros.

"Aprovando rapidamente esta lei, temos que constituir a base para tranqüilizar a situação dos mercados", disse Merkel.

"Devemos, no entanto, prever que o crescimento na Alemanha se desacelere", advertiu.

Além disso, Merkel revelou que o G8 celebrará antes do fim do ano uma reunião dedicada à crise financeira.

mtr/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.