Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Mercosul é estratégico para América Latina, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu hoje as críticas de empresários ao Mercosul, que consideram que a participação brasileira no bloco atrapalha as negociações comerciais brasileiras com outros países. As críticas foram feitas ontem durante o primeiro dia da 2ª Cúpula Empresarial Brasil-União Européia, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

Agência Estado |

Lula afirmou que as pessoas que acham que o Mercosul atrapalha o Brasil "possuem uma boa carga de preconceito com relação a países da América Latina". Ele argumentou que é dever político do Brasil aumentar o fluxo comercial entre países na região e também apoiar o desenvolvimento econômico de países pequenos que fazem fronteira com o Brasil no continente, por meio de negociações comerciais. Na análise do presidente Lula, o País não pode negociar apenas com países ricos, como EUA e Japão, como é desejo de alguns empresários.

Ele explicou ainda que atualmente, graças a trabalho do governo, o Brasil conta com um grande fluxo comercial com praticamente todos os países latino-americanos. "São os países com maior potencial que precisam cuidar com mais carinho de países não tão desenvolvidos", disse.

Lula disse que quanto mais países desenvolvidos ajudarem aqueles que não são tão ricos, mais isso estimula o crescimento econômico dessas nações e impede correntes migratórias aos países desenvolvidos. "Se queremos construir um mundo de paz temos que olhar para nossa casa. O Mercosul é a nossa casa e vamos cuidar dele com muito carinho", afirmou o presidente."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG