Santiago do Chile, 28 ago (EFE).- Os ministros da Agricultura dos países que integram o Mercosul iniciaram hoje, no Chile, uma reunião cujo principal objetivo é buscar uma estratégia comum frente às altas dos preços dos alimentos em todo o mundo, informaram fontes oficiais.

O encontro conta com a participação do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento brasileiro, Reinhold Stephanes.

A 14ª Reunião Ordinária do Conselho Agropecuário do Sul (CAS), que acontece hoje e amanhã no balneário de Concón, cerca de 140 quilômetros a noroeste de Santiago, constitui "uma oportunidade" para fixar uma estratégia para enfrentar esse problema, disse a ministra chilena Marigen Hornkohl, na inauguração.

Hornkohl, que exerce atualmente a Presidência rotativa da instituição, sustentou que a alta nos preços dos alimentos "obrigam os membros do CAS a desenvolver uma análise comum" para o tema.

"Existe o consenso de que esta situação definirá as oportunidades e desafios para os países-membros do CAS, alguns grandes produtores e outros com um forte potencial na produção de alimentos", afirmou.

Segundo ela, a situação "é uma oportunidade para os produtores agrícolas" dos países da região, o que significa que a conjuntura pode ser vista "como uma tremenda chance de crescimento, de aumento de produtividade e da competitividade para a agricultura dos países do Cone Sul".

"Como região, além de continuar produzindo com tranqüilidade, temos que fortalecer a produtividade mediante um maior valor agregado de nossos produtos, tanto para o consumo interno como para abastecer os mercados internacionais", explicou.

Na reunião, segundo um comunicado oficial, as autoridades vão compartilhar experiências de políticas públicas que foram implantadas em seus respectivos países e sobre as ações futuras que serão assumidas tanto internamente como em nível regional. EFE ns/rb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.