SÃO PAULO - Em mais uma sessão marcada pelo pessimismo dos agentes, os principais índices de Wall Street fecharam em queda. O índice Dow Jones perdeu 3,60%, aos 10.

068 pontos. O Nasdaq recuou 4,11%, aos 2.204 pontos. O S & P-500, por sua vez, apresentou desvalorização de 3,90%, aos 1.072 pontos. A sessão não contou com dados relevantes nos EUA, com exceção do indicador de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, que influenciou as negociações. Segundo dados do Departamento do Trabalho dos EUA foram registrados 471 mil pedidos na semana terminada no dia 15 de maio, um acréscimo de 25 mil perante a marca de uma semana antes (446 mil, revisada). A fonte das preocupações continua sendo a Europa. Os investidores permanecem sob alerta sobre a situação econômica do continente e estão cada vez mais convencidos sobre a necessidade de medidas mais restritivas para diminuir os déficits orçamentários dos países do bloco. A reformulação da regulação do mercado financeiro mundial também está em pauta. A chanceler alemã Angela Merkel afirmou hoje que vai estimular a introdução de uma taxa internacional, para aumentar a rigidez sobre as ações do mercado financeiro. No início da semana, a Alemanha decidiu proibir as vendas a descoberto e swaps de crédito a descoberto de bônus dos governos da zona do euro. (Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.