Indice Dow Jones terminou pregão em alta de 0,39%, aos 10.830 pontos. Nasdaq sobe 0,09%

O índice Dow Jones terminou a sessão com avanço de 0,39%, aos 10.830 pontos. O Nasdaq ganhou 0,09%, aos 2.371 pontos. O S&P-500, por sua vez, apresentou valorização de 0,44%, aos 1.146 pontos. Nos EUA, o Institute for Suplly Management (ISM) continuou a apontar expansão da atividade industrial do país. Apesar de mostrar desaceleração, o indicador continua acima dos 50, o que indica crescimento. Em setembro, atingiu o patamar de 54,4 no mês passado, depois dos 56,3 de agosto. Na China, a boa notícia ficou por conta do Índice de Gerentes de Compra da Federação de Compra e Logística da China, que mostrou que a atividade manufatureira no país alcançou a marca mais expressiva desde maio, avançando para 53,8 pontos em setembro, ante os 51,7 pontos em agosto. Os investidores receberam ainda a confiança do consumidor americano. Pesquisa da Universidade do Michigan revelou que o indicador que mede esse sentimento foi para 68,2 em setembro. Em agosto, ficou em 66,6. Alguns agentes financeiros esperavam uma leitura ao redor de 67 para o mês passado. O setor que mereceu destaque neste pregão foi o automotivo. As grandes montadoras americanas divulgaram seus resultados do mês de setembro, como a Ford, cujas vendas avançaram 46% ante o mesmo mês do ano passado. Os papéis da companhia ganharam 0,2%. No setor de tecnologia, por outro lado, os papéis da HP recuaram 3% em resposta ao anúncio, de ontem à noite, sobre o novo presidente da empresa será Léo Apotheker. (Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.