A Bolsa de Tóquio fechou em queda, com a valorização do iene pesando sobre as ações de algumas exportadoras, como Honda e Canon, embora o mercado permaneça na expectativa de uma nova intervenção das autoridades japonesas no mercado de câmbio, se necessário

selo

A Bolsa de Tóquio fechou em queda, com a valorização do iene pesando sobre as ações de algumas exportadoras, como Honda e Canon, embora o mercado permaneça na expectativa de uma nova intervenção das autoridades japonesas no mercado de câmbio, se necessário. O índice Nikkei 225 declinou 35,79 pontos, ou 0,4%, e fechou aos 9.566,32 pontos.

A Bolsa oscilou entre a alta e a baixa enquanto o dólar caía para abaixo da marca psicológica de 85 ienes depois de o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) ter declarado, na terça-feira, que está pronto para tomar medidas adicionais de estímulo à economia. A queda do dólar para menos de 85 ienes veio exatamente uma semana depois que o governo japonês interveio no mercado de câmbio. "A intervenção anterior foi inesperada (em termos de 'timing'), então é possível que o governo vá intervir de novo no nível de 84 ienes, para se contrapor à expectativa disseminada de que o Japão só vai retomar a intervenção no nível de 83 ienes", disse Takashi Ushio, gerente geral da corretora Marusan Securities.

O pregão foi calmo e sem direção, com as bolsas da China, de Taiwan e da Coreia do Sul fechadas por feriados. Um analista disse que os investidores também querem checar os resultados das empresas no semestre abril-setembro e as perspectivas para o segundo semestre fiscal antes de comprar mais ações. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.