Prioridade é para quem tinha papéis do Banco do Brasil até 24 de maio e os manteve na carteira

Termina nesta quarta-feira o prazo para a reserva de ações da oferta primária do Banco do Brasil (BB), com prioridade para quem tinha papéis da instituição até 24 de maio e os manteve na carteira. A oferta secundária, de livre acesso aos não acionistas, vai até o dia 29. No total, serão colocadas no mercado 356 milhões de ações. Desse montante, 286 milhões (cerca de 11% do capital do banco) serão papéis novos que vão compor a oferta primária. As outras 70 milhões, que formarão a oferta secundária, são de ações que estão nas mãos da União e do BNDESPar, controladores do BB.

O objetivo do banco estatal é vender cerca de R$ 10 bilhões em papéis para aumentar seu capital, ofertar mais crédito e, consequentemente, ampliar a participação no mercado. O preço das ações da capitalização será divulgado dia 30, após o fim das ofertas primária e secundária. O valor não deve ficar muito longe da cotação dos últimos dias. Ontem, os papéis fecharam em alta de 0,21%, a R$ 28,25. Em 1.º de julho, o BB publicará o resultado das vendas dos papéis e o número de investidores participantes.

Para decidir se deve ou não participar da capitalização, os investidores devem ler as regras da operação para conhecer os riscos envolvidos, segundo analistas de mercado. O prospecto pode ser acessado no site do banco (www.bb.com.br).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.