SÃO PAULO - As bolsas europeias cravaram novas altas nesta segunda-feira, ajudadas pelos dados positivos da produção industrial na região. As ações da BP, no entanto, voltaram a afundar.

Em Paris, o CAC-40 subiu 1,98%, para 3.626 pontos; em Frankfurt, o DAX avançou 1,28%, aos 6.125 pontos; e em Londres, o FTSE-100 ganhou 0,75%, aos 5.202 pontos. A produção industrial aumentou 0,8% na zona do euro entre março e abril e teve elevação de 0,5% na União Europeia na mesma comparação. No terceiro mês deste ano, a atividade fabril aumentou 1,5% e 1,4%, respectivamente. Os números foram divulgados hoje pela agência oficial de estatísticas Eurostat. Entre os destaques de alta, os papéis do Club Mediterraneé dispararam 9,1%. O Fosun, maior conglomerado privado da China, adquiriu uma participação de 7,1% no capital da corporação francesa de resorts. O valor da fatia está na faixa de 25 milhões de euros e 35 bilhões de euros, como reportou o jornal francês Le Monde. As ações de commodities também ajudaram a alavancar o avanço dos mercados europeus. Rio Tinto e Xstrata subiram 3% e 3,3%, respectivamente. O contraponto ficou novamente com as ações da BP, que afundaram mais 9,1% em Londres. A companhia deve suspender o pagamento de dividendos a seus acionistas devido à pressão política decorrente do vazamento de petróleo no Golfo do México. Na próxima quarta-feira, a administração da empresa terá uma reunião com o presidente dos EUA, Barack Obama, que deverá exigir criação de um fundo para compensação das vítimas do acidente. (Téo Takar | Valor com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.