Bancos não cobram tarifas na emissão, mas saques em caixas eletrônicos são taxados em US$ 2,50 ou 2,50 euros

Os cartões pré-pagos em moeda estrangeira têm regras semelhantes de um banco para outro. As instituições não cobram tarifas pela emissão, mas o usuário que fizer saques no exterior em caixas automáticos tem de pagar US$ 2,50 ou 2,50 euros por operação. No uso na rede varejista também não há taxas. Além disso, sobre o valor das cargas incide o IOF.

O comprador do pré tem de pagar 0,38% sobre o valor como Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). “No cartão de crédito, os gastos no exterior estão sujeitos a uma taxa de 2,38% de IOF. Nessa comparação, o pré-pago tem uma vantagem de dois pontos percentuais a menos. Além disso, no crédito o cliente paga juros sobre o saque”, lembra Paulo Della Volpe, vice-presidente de marketing do Banco Confidence. O banco vende, por meio de sua corretora, cartões em dólares, euros, libras esterlinas, rands e pesos argentinos.

O Visa Travel Money (VTM), do Banco Rendimento, tem três anos de validade. O saldo nunca expira, mas o usuário deve deixar o cartão zerado ou com mais de US$ 100 para não ter de pagar manutenção mensal de US$ 3,00, cobrada após seis meses sem uso. “Se recarregar, paramos de cobrar”, avisa Roger Ades, diretor do banco. Hoje, o banco tem VTM em dólares e em euros. Até o final do ano, irá lançar o plástico em libras esterlinas.

O Banco Paulista trabalha em parceria com a Travelex, companhia que atua no mercado de pré-pagos no mundo todo. O presidente do banco, Álvaro Augusto Vidigal, lembra que até US$ 3 mil em carga não há exigências. Acima disso, o usuário tem de comprovar seus rendimento. “Isso é uma forma de evitar lavagem de dinheiro.” As recargas só podem ser feitas a cada seis meses.

O Rendimento tem ainda um cartão para latinos que vivem no Brasil, o Miplata. Segundo Ades, ele é destinado ao imigrante não bancarizado. “Funciona como uma conta corrente simplificada. Ao invés de ficar com o dinheiro na mão, ele compra o cartão. É uma forma de guardar o dinheiro. Além disso, ele pode fazer remessas do cartão para casa”, diz. A tarifa mensal para esses cartões é de R$ 7,00.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.