Despesa com Postbank faz banco alemão registrar prejuízo líquido de 1,2 bilhão de euros no terceiro trimestre

O Deutsche Bank verificou lucro líquido de 1,1 bilhão de euros (aproximadamente US$ 1,5 bilhão) no terceiro trimestre excluindo a despesa de 2,3 bilhões de euros relacionadas à participação do banco no Postbank. Considerando essa despesa, houve prejuízo líquido de 1,2 bilhão de euros (aproximadamente US$ 1,6 bilhão).

Nos mesmos três meses de 2009, a instituição teve lucro de 1,4 bilhão de euros, incluindo efeitos fiscais positivos. Vale notar que o Deutsche Bank possui uma participação de 30% no Postbank e pretende assumir o controle dele com a compra das ações remanescentes.

A despesa de 2,3 bilhões de euros diz respeito ao fato de o Deutsche ter de reavaliar sua participação existente no PostBank como ao valor de um bônus conversível por meio do qual o banco vai comprar mais ações do Postbank em 2012, explicou o Financial Times (FT).

Nos nove meses até setembro, o banco apresentou lucro líquido de 4,1 bilhões de euros, sem a despesa relativa ao Postbank. Incluindo esse elemento, o ganho foi de 1,7 bilhão de euros. No acumulado de 2009, o Deutsche Bank registrou lucro de 3,6 bilhões de euros.

Sem a despesa associada com o Postbank, a receita líquida foi de 7,3 bilhões de euros no trimestre, próxima daquela apurada um ano antes, de 7,2 bilhões de euros. Contando a despesa, a receita líquida ficou em 5 bilhões de euros no terceiro trimestre de 2010.

O Deutsche Bank notou ainda que as receitas do grupo somaram 23,5 bilhões de euros de janeiro a setembro deste exercício sem a despesa.

O resultado foi melhor do que os 22,4 bilhões de euros de mesmo intervalo do calendário passado. Incluindo a despesa, a receita correspondeu a 21,1 bilhões de euros nos nove primeiros meses de 2010. As informações são do próprio Deutsche Bank e agências internacionais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.