Publicidade
Publicidade - Super banner
Mercados
enhanced by Google
 

Petrobras nega plano alternativo para capitalização

Em resposta à CVM, Petrobras reitera que não há plano alternativo à capitalização e confirma uso de títulos públicos na emissão

AE |

Em resposta a nova solicitação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Petrobras reiterou novamente que não está sendo considerado nenhum plano alternativo à capitalização da estatal.

"Consultado novamente, o ministro da Fazenda Guido Mantega reitera que não está sendo considerado nenhum plano alternativo para a capitalização da Petrobras e por isso não há que se falar em outra forma de integralização pela União das ações a serem emitidas pela Petrobras como resultado do referido processo de capitalização", informa a nota da empresa. "Com base nesta possibilidade de integralização pela União e visando oferecer tratamento equânime a todos os acionistas, o Conselho de Administração da companhia aprovou a utilização de títulos da dívida pública federal com valor de mercado pelos minoritários na integralização de parcela das novas ações que vierem a subscrever, conforme anunciado em 19 de novembro de 2009. As regras e os títulos a serem aceitos pela companhia serão divulgados oportunamente", esclarece o comunicado.

A Petrobras reforça ainda que, em decorrência do caráter "meramente informativo" do comunicado, ele não constitui "uma oferta, convite ou solicitação de oferta de subscrição ou compra de quaisquer valores mobiliários no Brasil ou em qualquer outra jurisdição e, portanto, não deve ser utilizado como base para qualquer decisão de investimento", conclui a nota.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG